Projeto Bicicloteca na Shimano Fest 2018 – a cultura a favor bem-estar

A nona edição do Shimano Fest, pertinho de tudo, no Memorial da América Latina, ajuda esse ano (2018) o projeto Bicicloteca na força tarefa de arrecadar livros durante a nossa festa da bike. Criada por Robson Mendonça, a Bicicloteca surgiu em 2010 a partir de uma experiência pessoal intensa e significativa dele.

“Vivi nas ruas durante seis anos, e nunca perdi a vontade de ler. Era complicado frequentar uma biblioteca e retirar livros, pois não tinha na época comprovante de residência, e as pessoas não queriam estar perto de mim. Então, pensei em um sistema que facilitasse o empréstimo de livros com mobilidade e acessibilidade. Sem burocracia”, relembra Robson.

Robson Mendonça – idealizador do projeto Bicicloteca e Gelacoteca

E desse insight, Mendonça passou a oferecer acesso gratuito à população de rua a livros e revistas.

A ideia deu muito certo: hoje, o acervo conta com 59 mil livros, e serviu de inspiração para ideias semelhantes não só no Brasil, mas em outros países, como o Japão. Outro projeto desenvolvido por Robson Mendonça é a Gelacoteca, que transforma geladeiras descartadas em estantes com livros, que ficam à disposição em praças com grande circulação de pessoas.

“Mais de 80 moradores de rua conseguiram se formar em universidades graças à Bicicloteca. Também testemunhei pessoas que encontraram força para largar o vício em álcool e drogas graças à leitura. O hábito de ler com certeza nos transforma em pessoas melhores”, diz Robson.

Inspirador, não?

Pois é, e você também pode contribuir com esta empática e incrível prática! É muito fácil: venha nesse domingo (16) ao Shimano Fest, no Memorial da América Latina, e faça a sua doação. A entrada para o evento é gratuita – e você pode ser ainda mais solidário, trazendo 1 kg de alimento não-perecível. A cultura e os amantes da leitura agradecem!

Share this post