Shimano Fest promove prévia do Velo-City Rio 2018

O maior evento de ciclismo do mundo chega ao Brasil em 2018: o Velo-City. Sediado em diversas partes do mundo, o encontro ocorre a cada dois anos e reúne ciclistas, estudiosos e empresários do setor para discutir a presença e o desenvolvimento das bikes nas cidades.

Aquecendo a conversa, o Shimano Fest, maior festival da bicicleta da América Latina, promoveu uma mesa redonda com nomes importantes do cenário no Brasil: Gabriela Binatti, da Associação Transporte Ativo; Márcio Deslandes, diretor da Velo-city Rio 2018; Eduardo Pane, gerente de projetos do Grupo Univers; Tomás Martins, CEO da Tembici; e o José Police Neto, vereador de São Paulo.

“O Shimano Fest é um grande local de encontro e discussão sobre a bicicleta. O debate aqui foi de alto nível e muitas ideias puderam ser trocadas para melhorar a inclusão deste tipo de transporte em nossa cidade”, conta Police Neto.

Foram pauta do encontro assuntos desde os modelos de bike sharing, com ênfase na importância do poder público tratar essa questão com atenção, até a carga tributária que incide sobre a produção nacional, o que impacta no preço final das bicicletas.

“Uma boa forma de colocar o ciclismo mais em evidência é trazer o conceito de advocacy para a população brasileira. Ou seja, colocar no cidadão a ideia de que se ele não cobrar e acompanhar o poder público, dificilmente as suas necessidades e anseios serão colocados em pauta”, diz Márcio.

Para Gabriela Binatti, aproximar as pessoas do esporte também é uma forma de popularizar mais a bicicleta. “Eventos como o Shimano Fest, que colocam atletas de alto nível ao alcance dos visitantes são fundamentais para fortalecer a cultura da bicicleta no país. Quanto mais contato, melhor”.

O Shimano Fest é aberto ao público nos dias 16 e 17 de setembro, no Jockey Club de São Paulo. Confira a programação completa por este link.

Share this post