Shimano Fest vai ter ciclistas olímpicos em competições de MTB e estrada!

São Paulo (SP) – O maior festival de bike da América Latina tem atrações para todos os gostos, desde shows, exposição e test rides das novidades do mercado, palestras e espaços para crianças e mulheres. Mas a emoção estará garantida no Jockey Club de São Paulo neste final de semana (16 e 17) nas competições de Criterium Road, Mountain Bike e Ciclocross, que contarão com os principais nomes do ciclismo do Brasil na atualidade. Estão confirmados no Shimano Fest, atletas de diversas modalidades, seja para participarem das competições, ou mesmo para estarem em contato com os fãs do esporte.

A lista já é extensa e de peso: competirão ciclistas olímpicos como Gideoni Monteiro, Raiza Goulão e Rubinho Valeriano, além do atual campeão mundial de paraciclismo, Lauro Chaman, e do campeão brasileiro de MTB cross country olímpico, Luiz Cocuzzi. Estrelas do esporte como Renato Rezende, Reinaldo Colucci e Henrique Avancini marcarão presença no evento, que terá dois dias voltados para os profissionais do mercado, quinta e sexta (14 e 15).

Lauro Chaman e Gideoni Monteiro chegam entre os principais favoritos e embalados para a Criterium Road, disputa de ciclismo de estrada no formato de critério por pontos, realizada na Av. Lineu de Paula Machado, na manhã do domingo (17), entre 7h e 10h. Embora tenham pela frente os melhores ciclistas do País, Chaman competirá embalado pelo importante título de campeão mundial conquistado no início do mês na África do Sul, no início do mês, e Gideoni chega no auge de sua forma física, após um período de treinos na Europa e o Pan-Americano de Ciclismo de Pista, no qual foi o sexto melhor do continente na omnium.

Representante do Brasil na Rio 2016, colocando fim a um jejum de 24 anos sem um brasileiro no Velódromo Olímpico, Gideoni Monteiro destaca a satisfação de estar mais uma vez no maior festival de bike da América Latina. “É sempre um prazer enorme fazer parte do Shimano Fest. Cada ano que passa o festival cresce muito. Tenho certeza que esta oitava edição será a melhor de todas”, destaca Gidi – como é conhecido. “Em 2016 terminei em quarto lugar na estreia da Criterium Road. Mas, como todo atleta profissional, sou bastante competitivo e quero subir alguns degraus esse ano. O foco é buscar a vitória”, completa. Gideoni também fará parte de uma palestra sobre o Velo-City Rio 2018, no sábado à tarde.

Assim como a confirmação dos melhores atletas do País, também estão garantidas no Criterium Road as principais equipes nacionais: na elite masculina, Soul Cycling Team, Audax São Bernardo, Memorial Santos, ECT Taubaté, Indaiatuba/HTPro Nutrition/Shimano, Penks Iracempaolis/UCI, Associação Radical de Boituva, Team UFF/RJ, São Francisco Saúde de Ribeirão Preto, ABEC/Rio Claro; na elite feminina, Memorial Santos, Soul Cycling Team, Audax São Bernardo e LuluFive Team.

Mountain bike – No Shimano MTB Short Track, com a disputa inédita do XCE (cross country eliminator) no sábado (16), além da prova principal na manhã do dia seguinte, outra vez os melhores ciclistas brasileiros estarão em ação. No feminino, estão confirmadas as duas atuais campeãs brasileiras de XCO (cross country olímpico) na elite e no sub-23, Raiza Goulão e Karen Olímpio, e no XCM (Maratona), Viviane Favery, além de Sofia Subtil, Aline Simões, Danielle Moraes, e várias outras. No masculino, o nível também será altíssimo, com a confirmação de nomes como Rubinho Valeriano, participante de três olimpíadas (Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016), Ricardo Pscheidt, tetracampeão brasileiro de MTB, Guilherme Muller, Sherman Trezza, Daniel Grossi, José Gabriel Marques, Wolfgang Olsen, João Pedro Firmeza, Mario Couto, entre outros.

Tricampeão brasileiro de XCO na elite, Henrique Avancini não competirá no MTB Short Trak, mas estará no Shimano Fest, entre sexta e domingo. Ele vai interagir com o público, com uma sessão de autógrafos na tarde de sábado no estande da Cannondale, e torcer por seus amigos no Short Track. “O Shimano Fest é um evento que agrega muito para a cultura da bicicleta. Aliar competições, em uma das principais cidades do Brasil, atrações comerciais e entretenimento para o público, em um só lugar, é o ideal para mostrar o espírito da bike. Gosto muito de estar presente e sentir esta vibe que faz qualquer ciclista mais feliz”, enaltece Avancini. “Não vou competir, mas tenho companheiros de edições anteriores da Brasil Ride, por exemplo, como o Sherman e o Wolfgang, em ação. Ou seja, estarei na torcida por eles”, finaliza.

Outras atletas – Competindo ou não, fato é que vários atletas de elite estarão no Shimano Fest. No Ciclocross, o piloto de downhill Lucas Borba irá atrás do bicampeonato da competição, marcada para a tarde de domingo. Enquanto o triatleta olímpico Reinaldo Colucci estará fora das pistas, mas em contato com o público, o principal ciclista de BMX do Brasil, Renato Rezende, que fará palestras sábado e domingo sobre suas participações nas Olimpíadas, prepara uma possível surpresa. “Quem sabe não disputo também o Eliminator do MTB Short Track, no sábado? Seria uma situação inédita e bem bacana em minha carreira como ciclista, por eu ser do BMX. Vou me arriscar a fazer alguns treinos na pista, e aí decidirei se corro ou não, mas o mais bacana é estar presente nesse evento que representa o espírito do nosso esporte”, revela.

Share this post